Notícias

Preso em Simonésia o acusado de homicídio em São Simão do Rio Preto


Wanderley Pereira da Rocha, 36 anos, foi preso pela Polícia Civil de Simonésia na tarde de terça-feira, 01/10. Ele confessou ter matado o atual companheiro da ex-esposa dele no distrito de São Simão do Rio Preto, na noite de sábado, 14/09. A ex-companheira foi baleada e sobreviveu.

No dia do crime, populares relataram aos policiais que o lavrador Wanderley Pereira da Rocha, 36 anos, chegou repentinamente e disparou contra o casal diversas vezes e depois fugiu sentido ao Córrego da Laje, zona rural de Santa Barbara do Leste.

José Paulo Raposo, 50 anos, morreu no local, enquanto a companheira dele Matilde Mendes Ribas da Rocha, 30 anos, foi socorrida para a UPA.

O Delegado de Simonésia, Dr. Guilherme Coelho, explica que Wanderley se apresentou. “Instauramos o inquérito policial imediatamente após os fatos e pedimos a prisão preventiva do autor. Essa prisão foi deferida e, com a apresentação dele, cumprimos o mandado. Agora está preso”, explica.

Ainda de acordo com o delegado, Wanderley não tem passagem pela polícia, estava acompanhado do advogado e confessou o crime.

O delegado ainda detalhou que nove tiros atingiram José Paulo e três acertaram a ex-esposa. “Foi um crime numa loja no distrito. A população realmente ficou assustada e sensibilizada com o que aconteceu, daí a ação mais enérgica da Polícia Civil em dar uma resposta à comunidade com a localização do autor”, detalhou. Também participaram da investigação o Detetive Ronaldo Rocha e o Escrivão Marcone Terra.

O motivo do crime ainda está sendo investigado. O delegado não descartou a hipótese de que seria passional.

Divino Augusto/Carlos Henrique Cruz