Notícias

Moradores de São Pedro do Avaí se unem e constroem quebra-molas na BR-116


Por volta de 12h00 de sábado, 21, diversos moradores do Distrito de São Pedro do Avaí se reuniram para construir quebra-molas e colocar um fim aos acidentes devido ao excesso de velocidade dos veículos que passam pela BR-116, próximo ao distrito, que já custou a vida de várias pessoas daquela comunidade. O trecho da rodovia que passa pelo distrito é uma grande reta fator que potencializa e induz os condutores a imprimirem uma velocidade muito acima da permitida para o local mesmo porque o distrito possui três acessos sendo o trevo como acesso principal e mais outros dois como secundários. Em uma ação voluntária e bem organizada, os moradores de São Pedro do Avaí se juntaram, adquiriram a massa asfáltica e com as ferramentas próprias, iniciaram a construção dos quebra-molas tomando todos os cuidados com a sinalização vertical e horizontal anunciando a instalação. Durante a construção, o trânsito no local foi interrompido por uma hora. Se tratando de um fim de semana, o baixo tráfego de veículos e caminhões facilitou os trabalhos dos voluntários. A exemplo das comunidades dos Distritos de Vilanova e Dom Correa, os moradores de São Pedro do Avaí, cansados da inércia das autoridades responsáveis pela manutenção e sinalização da via o “DNIT” se mobilizaram com o objetivo de solucionar o problema que aflige a todos os moradores quando precisam entrar ou sair do distrito. Pacificamente, munidos com pás e enxadas, sandálias nos pés e muito boa vontade cada um deu sua singela contribuição para a construção dos redutores de velocidade, uma ação simples que com certeza irá garantir mais segurança e poupar a vida de muitos. “Nós não desejamos aqui promover manifestação, vandalismo ou danificar o patrimônio público e privado. O que nós desejamos é garantir o bem estar e a segurança de nossas famílias que utilizam diuturnamente a via pública, principalmente neste trecho com alto índice de acidentes”, relatou um dos cidadãos Fonte : Portal vila nova